Acesse também nas redes sociais: 

Descobrindo Idéias Novas Quando as Antigas não Funcionam

22 JAN 2017
22 de Janeiro de 2017

Descobrindo Idéias Novas Quando as Antigas não Funcionam

Por Jim Mathis

 

Recentemente tive um sonho incomum. Nele, eu andava por uma estrada e ela começou a ficar lamacenta. Quanto mais eu andava, mais lamacenta ela ficava. Logo a lama estava cobrindo meus sapatos, depois chegou aos meus joelhos. Após algum tempo eu me arrastava penosamente com a lama batendo na minha cintura. 

 

Em meu sonho, eu olhava ao redor e via que perto de uma dúzia de pessoas estava comigo; começamos a discutir sobre que caminho seguir e como sair da lama. Logo, um jovem passou correndo e nos perguntou por que estávamos presos na lama. Olhei para ele e vi que estava a cerca de 6 metros de distância sobre um caminho pavimentado. Rapidamente sai da lama e juntei-me a ele sobre o pavimento, e logo encontrei o hotel onde estava hospedado para o qual voltei em segurança. 

 

Acordei do sonho antes que pudesse saber se tinha voltado para resgatar as outras pessoas presas na lama ou se elas tinham me seguido até o caminho pavimentado. Entretanto, imediatamente reconheci a metáfora. Nós frequentemente ficamos atolados na lama e gastamos muita energia tentando fazer algum progresso deixando de ver que existe um caminho óbvio, um meio fácil de escapar dali e que não está muito distante. 

 

Ás vezes isto é literalmente verdadeiro, até mesmo para comunidades e cidades inteiras que ficaram atoladas na lama. O município mais pobre e o mais rico de meu estado, Kansas, por exemplo, estão ligados por uma autoestrada de quatro pistas. Entretanto, as pessoas pobres presas na lama não conseguem ver a estrada tão próxima e que poderia tirá-las dali.  Talvez elas temam o desconhecido com que possam se deparar ao percorrer a estrada. 

 

Já ouvi dizer que uma das piores coisas do mundo é uma boa ideia – se tivermos apenas uma. Nós nos tornamos tão comprometidos com um único plano, seja no trabalho, seja na vida pessoal, que deixamos de ver um caminho melhor que está à mão. Posso me lembrar de diversas ocasiões em que me senti “atolado” ou carecendo encontrar a solução para um problema e sempre apreciei ter alguém por perto que pudesse me mostrar uma saída.  Precisamos expressar gratidão por aqueles que têm se mostrado dispostos a compartilhar seu conhecimento e percepção para fazer com que outros avancem por um bom caminho. Aqui estão alguns pensamentos extraídos da Bíblia sobre como nos libertar de ideias improdutivas:

 

Ajuda procurar novos pontos de vista. Geralmente as ideias que nos aprisionam são paradigmas, descritos como os únicos meios de processarmos as informações que estão disponíveis a nós. Ás vezes, a solução consiste em solicitarmos ajuda de pessoas de “fora do paradigma” que ofereçam uma perspectiva diferente ou sugiram diferentes formas de abordar o problema. “Os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem-sucedidos quando há muitos conselheiros.” (Provérbios 15:22). 

 

Esteja aberto a novas ideias. Uma definição de insanidade é continuar a fazer a mesma coisa do mesmo modo e esperar diferentes resultados.  Conselheiros confiáveis podem expor as falhas em seu modo de pensar e sugerir alternativas melhores e mais produtivas. “Ouça conselhos e aceite instruções, e acabará sendo sábio.” (Provérbios 19:20). 

 

Sempre há um escape. Ás vezes, a “lama” em nossa vida vem sob a forma de um hábito danoso e destrutivo. A Bíblia chama isso de “pecado”.  Podemos pensar que estamos presos, sem meios de nos arrancarmos disso, mas nos é prometido que isso não é verdade. “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; Ele não permitirá que sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, Ele mesmo lhes providenciará um escape, para que o possam suportar.” (I Coríntios 10:13).  

 


Questões Para Reflexão ou Discussão  

 

1.   Você já se sentiu, como o autor, “atolado na lama” incapaz de encontrar uma saída? Explique essa situação e como foi resolvida.

2.   Por que, em sua opinião, as pessoas estão inclinadas a se apegar a uma ideia, mesmo quando claramente não está funcionando, quando uma alternativa melhor surge? Você pode dar um exemplo atual em seu ambiente de trabalho?

3.   Como você reage habitualmente quando se sente preso, incapaz de resolver um problema? Você procura conselhos sábios e a percepção de outras pessoas? Está aberto para acolher e considerar pontos de vista diferentes? Explique sua resposta.

4.   Com relação ao que a Bíblia chama de “pecado”, controlar e vencer formas indesejáveis de raciocínio e ações dos quais podemos nos sentir incapazes de fugir com nossas forças, você tem descoberto que Deus verdadeiramente pode proporcionar um escape como afirma o texto bíblico? Quais as dificuldades para se estar disposto a adotar este meio de escape?

 

Nota:  Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 11:14;  12:15;  16:9;  19:27;  20:18;  24:5-6;  Filipenses 4:9;  II Timóteo 3:16-17. 

Fonte: Email enviado por pastorhelvecio@acessa.com
Voltar

Início      A rádio      Programação      Blog      Galeria      Contato