Acesse também nas redes sociais: 

Seap entrega novo armamento para unidades prisionais da região

04 SET 2017
04 de Setembro de 2017

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) entregou, nessa sexta-feira, 1º de setembro, novo armamento para as unidades prisionais da 4ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp). A compra das pistolas.40 e espingardas calibre 12 foi viabilizada por meio de uma emenda parlamentar de 2016, do deputado estadual Márcio Santiago, no valor de R$305 mil.


Para a compra do armamento foram gastos mais de R$137 mil. Além das armas, foram comprados materiais de construção, ferramentas, mobiliário, impressoras e granadas. “Muito precisa ser feito pelo sistema prisional e pelos agentes penitenciários. É necessário estruturar a carreira e, por isso, temos conversado com o governador e com o secretário de governo”, disse Santiago, ao ressaltar que o sistema prisional precisar ser reconhecido e “fazer parte do hall da segurança pública”, completou.


O parlamentar, que também é agente penitenciário, frisou a necessidade de investimentos para a formação dos profissionais do sistema prisional. “Muita das vezes, o treinamento é feito com recurso do próprio agente, por não ter investimento do Estado. Também vamos investir nesse ponto”, falou o deputado, que após visitar as obras do setor de treinamento do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Juiz de Fora pretende encaminhar recursos de uma emenda parlamentar para o local.


“Espero que esse projeto seja piloto aqui e depois expanda para o estado. Assim, os agentes não precisarão tirar do próprio bolso e viajar para o Rio de Janeiro ou Brasília para se capacitar”, ponderou.

 

RECONHECIMENTO


O deputado federal Laudivio Carvalho frisou que os agentes penitenciários precisam ser reconhecidos pela sociedade pela importância do seu papel. “Eu fui relator do projeto 3722/12, que foi aprovado na Comissão Especial da Câmara, e no meu parecer ressalto a necessidade de transformar o agente penitenciário em policial prisional. Ele cuida daqueles que a sociedade não aceita do lado de cá porque cometeram algum crime”, falou.


O projeto 3722/12 prevê normas sobre aquisição, posse, porte e circulação de armas de fogo e munições, cominando penalidades. “No meu parecer, eu também entrego as categorias da segurança pública o direito ao porte de arma no trabalho e fora dele, pois eles correm risco 24h”, completou o parlamentar.


O secretário adjunto de administração prisional, Marcelo José Gonçalves da Costa, que também atuou como agente penitenciário, relembrou a primeira solenidade que os profissionais receberam armamento, que na ocasião foram doadas pela Polícia Militar (PM). “Precisamos olhar para trás e fazer uma reflexão. Estamos comemorando o crescimento de uma categoria que quando recebeu os 38 da PM fez bom uso e agora está recebendo armamento de primeira geração”, falou.


O diretor regional de administração prisional, Alexandre da Cunha Silva, demonstrou satisfação pelo reconhecimento dos agentes penitenciários perante as demais autoridades. “É um sinal que nós, agentes penitenciários, como instituição, estamos trabalhando da melhor maneira possível”, exclamou.


Ele também ressaltou a importância do armamento para as unidades prisionais. “É de suma importância essa contribuição do Poder Legislativo, porque sabemos a dificuldade que o país está passando. Então, qualquer recurso é muito bem-vindo”, finalizou.
Além dos diretores das unidades prisionais da região, vereadores e representantes da Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, do Poder Judiciário e da Guarda Municipal estiveram presentes na solenidade.

Fonte: http://diarioregionaljf.com.br/cidade/19138-seap-entrega-novo-armamento-para-unidades-prisionais-da-regia
Voltar

Início      A rádio      Programação      Blog      Galeria      Contato