Acesse também nas redes sociais: 

Saiba como sobreviver a gastos de Natal e despesas de início do ano

26 DEZ 2017
26 de Dezembro de 2017
Planejamento e controle ajudam a evitar o superendividamento.

O dinheiro extra recebido do o 13º salário serve não só para ajustar as contas como também para tirar do papel aqueles sonhos de consumo que são adiados, muitas vezes, por falta de recursos. Apesar de toda a pressão por consumo no Natal, é importante lembrar que novo ano começa com despesas, como por exemplo, o pagamento de impostos como IPVA e IPTU, matrícula escolar dos filhos e a compra do material.
Para a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor de Juiz de Fora (Procon/JF), a orientação para não entrar em 2018 com dívidas é organizar os gastos e ter controle. O problema, segundo o órgão, é que muitas pessoas não conseguem sanar as dívidas já contraídas e acabam se tornando consumidores superendividados.

Aplicativo ajuda nas finanças pessoais

Anotar suas despesas e rendimentos é a melhor forma de controlar seus gastos. Para quem gosta de estar com essas anotações sempre em mãos, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) lançou, na última semana, o aplicativo SPC Consumidor, que oferece às pessoas a possibilidade de calcular seu bem-estar financeiro, podendo compará-lo com a média nacional.

Além da simulação, o usuário ainda pode descobrir como andam suas finanças e receber dicas personalizadas de educação financeira para melhorar a sua pontuação. O aplicativo SPC Consumidor está disponível para usuários do sistema Android e, em breve, será liberado para iOS.

Fonte: http://tribunademinas.com.br/noticias/defesa-consumidor/24-12-2017/saiba-como-sobreviver-gastos-de-natal-e-despesas-de-inicio-do-ano.html
Voltar

Início      A rádio      Programação      Blog      Galeria      Contato